Perspectiva aérea

 Perspectiva aérea

Há regras que o artista jamais deve ignorar ao compor uma pintura paisagística, pois são obrigatórias, e, volta e meia, o pintor de paisagens se deparará com elas. A perspectiva aérea é um dos recursos eficazes para o efeito de profundidade e seu domínio é de extrema importância.

Inclusive acredito que seja um dos efeitos mais cobiçados na elaboração de uma obra. Entretanto a complexidade de sua composição pode levar o artista a frustrar-se caso não tenha a menor ideia do que está fazendo. Alguns erros cometidos por artistas inexperientes, por exemplo, é fazer os elementos distantes com cores vivas e excesso de detalhes.

Um dos fatos que contribuem para tais falhas é que o pintor simplesmente ignora o que vê diante de si. Ao observarmos uma paisagem, vemos que os elementos distantes tendem a perder progressivamente sua nitidez, e as cores vão ficando cada vez mais apagadas.

Ter em mente alguns procedimentos pode facilitar e muito a representação desses efeitos ópticos. A composição pode começar com a divisão dos planos em três ou quatro:

– No primeiro plano, as cores são vivas e há um grande contraste entre luz e sombra, os detalhes ficam reservados para essa etapa.

– No segundo plano, as cores tornam-se gradualmente apagadas, e é nessa etapa que começa a omissão de detalhes.

– E o último plano é completamente simplificado.

 

O sucesso desse efeito depende da relação de todos os planos. Cada um deve ter seu valor e sua intensidade adequados para que o contraste seja bem-definido.

Tirando a intensidade das cores

Produzir com satisfação o efeito de espaço tridimensional está atrelado à capacidade do artista de conduzir com harmonia as misturas de cores em todos os planos. Para conseguir realizar esse desejado efeito, o artista deve considerar algumas características:

 

Tom: uma boa opção é criar zonas tonais para definir cada plano. Reserve tons escuros para o primeiro plano, depois, os tons médios para o segundo plano e tons claros para o último. Veja, na pintura a seguir, que tratei, deixando-a somente em valores (tons), assim, sem a presença de cores, vemos que os planos têm valores distintos.

Pintura paisagem tonal

Intensidade: cores de alta intensidade ficam reservadas para o primeiro plano, enquanto as cores pastel ficam para os últimos planos. Note, por exemplo, que os verdes vivos podem se tornar progressivamente apagados à medida que se afastam. Nunca confunda intensidade com tom, duas cores  podem ter o mesmo tom, mas intensidades diferentes. Veja, nas figuras que seguem, que o amarelo de cádmio é mais intenso que o azul cerúleo, mas, quando se trata de valores, os dois são semelhantes.

image3813

Amarelo cádmio e azul cerúleo tons

Contraste: no primeiro plano, há mais contrastes entre luz e sombra, enquanto que, no segundo e terceiro planos, esses contrastes tendem a ficar sutis. Carregar os últimos planos com detalhes pode ser desastroso. Não se importe em economizar nos detalhes do fundo, o resultado pode ser mais harmonioso caso decida se focalizar somente no primeiro plano.

 

Sugestão de misturas para os planos

Note como é predominante o azul nos últimos planos. Para obter uma mistura harmoniosa e diversificada, basta relacionar as cores fazendo versões de luz e sombra delas, para as  sombras, fica reservado o azul.

A paleta reduzida, colocada na sequência, é uma sugestão e tem o propósito de auxiliar a ilustração.

Primeiro plano: azul-ultramar, alizarin crimson, amarelo-ocre e amarelo-cádmio.

Segundo plano: azul-cobalto, alizarin crimson, amarelo-ocre e branco de titânio.

Terceiro plano: azul-cerúleo, alizarin crimson, amarelo-ocre, amarelo-cádmio e branco de titânio.

rect3986

14 thoughts on “Perspectiva aérea

  1. Anna Maria Kuster Ferreira

    Olä, professor. Tenho gostado muito de ver suas aulas. Sua pintura realmente encanta. Infelizmente para mim não Não tive será possível. Amo pintar, me esforço bastante, mas sou uma mera copista. Por issso a grande dificuldade em paisagens. Também nunca pintei nada sem antes ter riscado, o que é pior, não sei desenhar. Não tive oportunidade de ter aulas. Qdo consegui te las , foi por pouco tempo. Este professor embora pinta se muito bem , era copista. Mas vou tentando. Se tiver tempo de uma olhadinha no meu trabalho no face , vai constatar o que digo. Vou continuar estudando , suas aulas estão sendo de grande valor. Muito obrigada

    • vinicius

      Olá Anna, fico feliz que as aulas estão te ajudando! Continue pintando sempre!
      Obrigado pela atenção. Grande abraço!

  2. Vinicius

    As explicações estão ótimas e ajudam muito.

  3. Ivani Rodrigues

    Ola prof.obrigado pelas dicas.tambem amo arte ,musica,faco pintura a oleo,numca fiz pintura ao ar livre ,faco copias de fotos sei que tenho dificuldades de sombra e luz ,procuro me esforcar muito,as pessoas gostam das minhas pinturas ,com os profs.que fiz aulas nao dao as dicas ,procuro fazer as misturas das cores e leio tdo,que posso ,voce acha que sozinha e possivel fazer pintura air plane.vou seguir estas dicas de plano que vce deu obrigado,tem algunha sugestao de livro que ensina agradecida.

    • vinicius

      Olá Ivani, muito obrigado pelos comentários, então, os melhores livros de pintura estão em inglês ou espanhol. Na Amazon há bons livros de pintura e desenho, basta procurar por Oil painting ou landscape oil painting. Há uma coleção da editora globo Curso de Pintura e Desenho, são 12 volumes e há alguns sebos que vendem estes livros, só que usados.
      Espero ter ajudado.
      Grande abraço!

      • Ivani Rodrigues

        Obrigado vinicius,ja comprei seu curso vou praticar ,amei as aulas ,vou procurar estes livros que voce falou,uma linda semana.

        • vinicius

          Opa, obrigado Ivani, uma ótima semana pra você também!

  4. Dannilo Lima

    Boa Tarde Vinicius comprei o curso e estou começando na pintura, tenho os materiais o que me falta é coragem, alguma dica pra driblar a preguiça?

    O curso é excelente

    • vinicius

      Olá Dannilo, pratique uma hora por dia pelo menos, quando começar obter os resultados, você se animará!
      Grande abraço!
      Vinicius

  5. Edson Fernandes

    Mais uma vez parabéns Vinícius e muito obrigado pela preocupação. Abraço

    • vinicius

      Obrigado Edson!

  6. Tenho apreciado suas orientações e creditado a elas o justo valor – ótimas! Eu é que não darei conta, a tão curto prazo, de atingir tamanha precisão no domínio das combinações de cores. Creio que isso se dará com o tempo. Agradecido pelas aulas. Sucesso.

    • vinicius

      Obrigado pelo feedback José!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *